Minha história na área de Estética e criação de conteúdo

Sim, este será o post mais longo desse blog, então pegue balde de pipoca antes de ler!  Eu escrevo há alguns anos para vocês sobre estética, dividimos aqui dicas, protocolos, informações, materiais de estudos, e histórias - muitas histórias!


Muitos de vocês já me contaram suas histórias e de como o blog influenciou/ajudou ou foi importante em algum momento de suas trajetórias, e isso me deixa EXTREMAMENTE feliz e lisonjeada.

Eu tento diariamente contribuir com a trajetória de vocês, me empenho muito para isso, e venho recebido um feedback incrível! Mas é aquilo, eu tenho um pouco de noção de como contribuí até agora, mas vocês não fazem ideia de como contribuíram na minha vida! 

E depois de dividirmos tantas coisas juntos, conversas e muita informação sobre estética (é lógico), eu sempre fiquei devendo uma história para vocês: a minha. 

Para poder contar sobre meu vínculo com a estética, vou falar um pouco sobre minhas origens, para vocês entenderem algumas coisas depois ok?!

Tudo começou em Guaranésia, uma cidade do interior de MG com seus aproximadamente 20.000 habitantes. 



Calma gente! Não vou contar desde a minha infância, podem ficar tranquilos. Era só pra mostrar que belezinha eu era quando criança mesmo hahaha

Meus pais se casaram muito cedo, minha mãe com 18 e meu pai com 24 anos, e em novembro de 1990 eu nasci. 

Meu pai veio de uma família muito humilde, com 7 irmãos, perdeu o pai muito cedo e começou a trabalhar com 14 anos. Depois de muito batalhar se tornou comerciante, que é a profissão que tem até hoje. Minha mãe veio de uma família com uma condição um pouco melhor.  Como se tornou mãe muito cedo, ela terminou os estudos com muita dificuldade, e só foi conseguir fazer a faculdade de Biologia quando eu tinha uns 10 anos e meu irmão 4. Ela foi professora de biologia por um bom tempo, e hoje trabalha junto com meu pai.

Estou contanto isso para vocês entenderem que eu tive dois grandes exemplos em casa (que são o meu maior orgulho). Nada foi fácil, passamos por MUITOS perrengues, mas eu aprendi desde cedo que nada vinha fácil e que pra conseguir qualquer coisa nessa vida eu teria que me esforçar muito!

Não nasci em berço de ouro, e tudo o que meus pais conseguiram me proporcionar foi em meio de muita dificuldade.


Meus pais durante minha formatura.


Dando um salto no tempo, quando terminei o colegial eu não fazia ideia de que curso eu iria me candidatar para faculdade. Fiz inclusive teste vocacional com psicóloga na escola, mas o resultado foi muito amplo: medicina, fisioterapia, biomedicina, jornalismo, e não me lembro as outras opções. Primeiro me candidatei a Medicina e Biomedicina, falhei miseravelmente. Meus pais decidiram me colocar no cursinho para que eu tivesse um reforço e decidisse melhor.  Como sempre fui muito comunicativa (um pouco tímida, mas comunicativa) eu pensei em ser diplomata. Prestei vestibular para Relações Internacionais e Comércio Exterior (como segunda opção). Falhei novamente. Fui ficando desanimada com aquilo e já achava que a faculdade não era lugar para mim.  Durante esse processo de cursinho e as minhas frustrações, apareceram os blogs de beleza e maquiagem no Brasil. Lembro que os primeiros que conheci foram o 2beauty e o Coisas de Diva Mais duas amigas também seguiam e compartilhávamos os mesmos interesses por 'feminices', e porque não criar o nosso blog? Daí nasceu o blog "Batom Rosa"


Blog Batom Rosa, de 2009 à 2015


Foram muitos anos escrevendo para esse blog, de 2009 à 2015. Durante esse período surgiram várias coisas legais, sendo elas: 

Uma matéria para a revista "Sou Mais Eu".

Primeiro lugar no concurso "Profissão Blogueira" da loja "Melisseiras".